Ansiedade – Sintomas, Causas e Tratamentos [Dicas Exclusivas]

A ansiedade nada mais é do que uma emoção que é normal nos humanos. Muitas vezes as pessoas passam por problemas no trabalho, na vida pessoa, nos estudos e acabam sentindo-se ansiosas antes de uma prova ou de tomar uma decisão mais difícil.

No entanto, embora seja um sentimento normal em determinadas situações, a ansiedade pode se tornar um problema quando é excessiva, virando até mesmo uma doença ou um distúrbio.

Normalmente, as pessoas que desenvolvem distúrbios de ansiedade, acabam sentindo uma preocupação exagerada a respeito de situações e também muito medo em tarefas simples do dia a dia.

Além disso, esse tipo de problema ainda pode acarretar em problemas físicos, o que acaba prejudicando no desempenho das tarefas cotidianas, visto que não são fáceis de controlar.

O lado bom é que a ansiedade pode ser tratada e a pessoa que sobre com o problema pode voltar a ter uma vida normal.

Então, se você está interessado no assunto, continue lendo que vamos falar um pouco mais sobre as causas, sintomas e outros detalhes importantes. Vamos lá?!

Sintomas da ansiedade

Sintomas da Ansiedade

A ansiedade e seus distúrbios podem levar ao surgimento de sintomas que não são apenas mentais, mas também físicos. Isso pode acarretar sérias consequências para aqueles que vem a desenvolver o problema.

Vamos conhecer quais os principais sintomas psicológicos da ansiedade:

  • Nervosismo e tensão constantes
  • Constante sensação de algo mal pode acontecer
  • Dificuldade de concentração
  • Constante sensação de medo
  • Falta de controle sobre pensamentos, principalmente grande dificuldade de esquecer o que é motivo de tensão
  • Preocupação excessiva em relação à realidade
  • Dificuldade para dormir
  • Irritabilidade
  • Agitação de braços e pernas

Como já foi dito anteriormente, a ansiedade também pode acarretar problemas e sintomas físicos, que são os seguintes:

  • Sensação de aperto ou dor no peito, com aumento dos batimentos cardíacos
  • Falta de ar ou respiração ofegante
  • Sudorese
  • Tremores em partes do corpo
  • Náusea
  • Pés e mãos frios ou suados
  • Tensão muscular
  • Diarreia ou dores de barriga

Quem sobre de distúrbios de ansiedade ainda pode vir a desenvolver ataques de pânico, que nada mais são do que uma reação. Dentre os principais sintomas podemos citar os seguintes:

  • Nervosismo ou pânico que não se controla
  • Sensação de morte
  • Aumento da frequência respiratória
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Vertigens ou tontura
  • Problemas gastrointestinais

Vale lembrar que dependendo da intensidade dos sintomas, o quadro pode até ser confundido com um infarto ou outros problemas cardiovasculares. Por isso, é preciso atenção e tratamento adequados.

Causas da ansiedade

Causas da ansiedade

Até hoje ainda não se sabe exatamente o que causa o distúrbio de ansiedade. No entanto, é sabido que algumas pessoas estão mais propensas à desenvolve-lo do que outras.

O que se sabe é que existem alguns fatores que podem estar envolvidos com o quaro, são eles:

  • Fatores genéticos: pessoas com histórico familiar do problema estão mais sujeitos a desenvolvê-los também.
  • Ambiente: passar por eventos estressantes ou traumáticos aumenta as chances de desenvolvimento do problema
  • Modelo de pensamento: a maneira como uma pessoa pensa ou desenvolve seus pensamentos determina como ela enfrenta as situações da vida. Por isso, determinados tipos de modelo de pensamento podem estar mais sujeitos ao problema.
  • Doenças físicas

No caso de doenças físicas, podemos citar os problemas e distúrbios cardiovasculares, doenças hormonais, problemas respiratórios, dores crônicas e também casos de abuso de substâncias, como álcool, drogas ou medicamentos.

Tipos de distúrbios de ansiedade

Tipos de distúrbios de ansiedade

Muita gente nem imagina, mas existem diversos tipos de distúrbios de ansiedade, sendo que casa um deles tem suas próprias características. Dentre os tipos mais comuns, podemos citar os seguintes:

  • TAG – Transtorno de ansiedade generalizada

Esse tipo acontece quando o problema da ansiedade se mantém por um período longo de tempo e casa interferência no dia a dia. O principal sintoma é o excesso de preocupação.

  • Síndrome do pânico

Esse tipo de transtorno é caracterizado por crises inesperadas com forte sensação de desespero e muito medo de que algo ruim vá acontecer, mesmo sem qualquer ameaça à vista.

Quem sofre esse tipo de distúrbio, pode apresentar um medo extremo que aparece de forma recorrente e inesperada.

  • Fobia social

Esse é um distúrbio que ocorre pelo grande desconforto ou sensação de pavor em situações sociais, especialmente em ambientes novos, com muitas pessoas estranhas ou locais desconhecidos. O mesmo vale para falar em público ou outras situações de exposição.

  • Fobias específicas

Nesse caso, o medo extremo, irracional e sem explicação é de alguma coisa ou de algum objeto específico, sem que o mesmo represente qualquer perigo real.

  • TOC – transtorno obsessivo compulsivo

Nesse caso temos um distúrbio psiquiátrico de ansiedade, cuja principal característica é a ocorrência de crises de pensamentos obsessivos recorrentes, podendo ser intrusivos ou repetitivos.

  • TEPT – Transtorno do Estresse Pós-Traumático

Esse é um tipo de transtorno de ansiedade ocasionado por um conjunto de sintomas e sinais emocionais, físicos e psíquicos. Ele ocorre quando o paciente é vítima de algum ato que gera estresse ou trauma.

Tratamento para ansiedade

No caso de problemas de ansiedade que são relacionados com algum tipo de problema e doença físicos, o tratamento já poderá ajudar a aliviar os sintomas da mesma.

No entanto, no caso de pacientes que sobre com problemas de ansiedade causados por outros motivos, é preciso determinar outras abordagens, que devem ser estabelecidas de forma individualizada, considerando o cada caso isoladamente.

Em algumas, somente o uso de medicamentos já ajuda. Em outras, as terapias são mais aconselhadas. No entanto, em determinados casos, é preciso combinar mais de um tipo de tratamento para ter melhores resultados.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a ansiedade, o que é, suas causas e os diferentes tipos!

Leave a Reply

12 − 7 =