Carambola Para Que Serve? [ Benefícios e Riscos dessa Fruta ]

A caramboleira, árvore que gera o fruto carambola, não costuma ser muito grande. Suas flores apresentam uma coloração branca arroxeada e seu cultivo é fácil, podendo ser encontrada no quintal de muitas casas.

Embora seja uma fruta bem comum em muitas regiões do país, além de ser muito saborosa, a verdade é que o consumo da carambola pode trazer uma série de benefícios, mas também oferece riscos.

A origem da carambola é na Ásia, chegando ao nosso país apenas no século XIX pela região nordeste. No entanto, depois ela acabou se espalhando e se popularizando no país.

Hoje em dia, Estados Unidos e a Malásia são os maiores produtores dessa fruta. Já no brasil, o lugar que mais planta carambola é na região do Rio São Francisco, bem como no interior de São Paulo.

Então, se você quer saber um pouco mais sobre a carambola, seus benefícios e também os seus riscos, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber. Vamos lá?!

Quais os benefícios da carambola?

Carambolas para que serve

A carambola é uma frutinha linda, que além de ser saborosa oferece uma grande variedade de benefícios para quem a consome.

Isso porque ela é uma rica fonte de cálcio, ferro e fósforo, sem falar que contém muita vitamina A e vitamina C, bem como algumas vitaminas do complexo B.

Essas vitaminas e nutrientes são de fundamental importância para o reforço do sistema imunológico, bem como para prevenir as temidas gripes e resfriados.

Tal como diversos outros alimentos naturais, a carambola ainda é rica em antioxidantes. É por isso que ela contribui com o combate dos radicais livres, que atuam acelerando o envelhecimento celular.

Já as vitaminas que fazem parte do complexo B, tal como a piridoxina e a riboflavina, contribuem para o bom funcionamento do metabolismo, além de favorecerem outras funções do organismo.

O potássio, por sua vez, é benéfico para o sistema circulatório, ajudando no controle da pressão arterial e também na regulação dos batimentos cardíacos.

Uma porção de carambola depois do almoço ainda pode ajudar a controlar um quadro de diarreia e febre. Já o suco de carambola ou uma xícara com o chá da fruta pode auxiliar no combate da retenção hídrica, pois oferece efeito diurético.

Carambola ajuda a emagrecer?

Primeiramente, é preciso ressaltar que as carambolas possuem pouquíssimas calorias, sendo cerca de 31 para cada 100 gramas da fruta. Por isso é que ela pode ser uma poderosa aliada no processo de perda de peso.

Mais do que isso, a carambola ainda contribui para o controle dos níveis de colesterol. Isso por que as suas fibras ajudam a evitar que que grandes quantidades dele sejam absorvidas.

A medicina alternativa ainda considera, tanto a fruta quanto o chá das folhas da planta, uma ótima fonte de propriedades medicinais.

A principal delas, seria a contribuição para a redução da glicemia, ou seja, diminuição dos níveis de açúcar no sangue.

Além disso, o chá das folhas da caramboleira ainda age no metabolismo, dificultando que o organismo retenha açúcares.

Por todos esses motivos é que a carambola pode contribuir para a perda de peso, visto que a absorção do açúcar tem ligação direta com o acúmulo de gordura corporal.

Os riscos na ingestão da carambola

Carambola Riscos

Embora tenha uma grande variedade de benefícios, a carambola é uma fruta cujo consumo deve ser feito com moderação.

Isso porque ela apresenta um alto teor de oxalato, bem como de uma outra substância denominada caramboxina, que é uma toxina da carambola mesmo.

Essas duas substâncias possuem um alto potencial tóxico para aquelas pessoas que apresentam doenças renais. O mesmo vale para aquelas que tenham um teor urêmico mais elevado.

Isso quer dizer que o maior potencial tóxico da carambola acontece em pessoas que apresentam uma maior dificuldade de eliminar essas toxinas.

Então, o que acontece é que a presença de uma maior quantidade dessas toxinas no sangue por provocar uma série de sintomas, tais como náuseas, confusão mental, vômitos e, em casos mais graves, pode ocasionar até convulsões.

No nosso país, a caramboxina foi até mesmo catalogada pela USP (Universidade de São Paulo) e isso foi publicado na revista Angewandte Chemie International.

Vale ressaltar que esse estudo foi de grande importância para a confirmação e o alerta a respeito dos perigos que essa toxina pode causar.

Como consumir carambola

A fruta pode ser consumida in natura mesmo, depois do almoço como sobremesa ou até mesmo como um lance. Além disso, a fruta ainda pode ser encontrada em sucos, gelatinas e até compotas.

Para obter os benefícios, você ainda pode optar pelo chá das folhas da caramboleira.

O mais importante de tudo é sempre respeitar o limite e nunca consumir a fruta em excesso, para evitar o risco de intoxicação.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a carambola, seus benefícios, vantagens e riscos que ela oferece.

11 votes, average: 5,00 out of 511 votes, average: 5,00 out of 511 votes, average: 5,00 out of 511 votes, average: 5,00 out of 511 votes, average: 5,00 out of 5 (11 votes, average: 5,00 out of 5)
You need to be a registered member to rate this post.
Loading...

Leave a Reply

quatro × cinco =