Cúrcuma → Benefícios, Como Tomar e Muito Mais [ SAIBA TUDO ]

cúrcuma ou açafrão da terraA cúrcuma é uma raiz de cor amarela, também chamada de açafrão ou açafrão-da-terra. No entanto, é muito importante não confundir o açafrão da terra com o açafrão verdadeiro, que é extraído do pólen de uma flor e tem um preço bem elevado.

A cúrcuma também é um dos importantes ingredientes do curry indiano, juntamente com outros ingredientes, sendo a responsável por sua coloração amarela.

Esse ingrediente é muitíssimo utilizado pelos índios e suas tribos a já milhares de anos, tanto como uma especiaria quanto por suas propriedades medicinais.

Já nos EUA, a cúrcuma é um dos ingredientes essenciais no preparo dos molhos de mostarda.

O fato é que pesquisas recentes a respeito desse poderoso ingrediente vêm revelando que ele possui propriedades medicinais importantes.

Então,  continue a ler abaixo, para saber um pouco mais sobre a cúrcuma…

O que é cúrcuma?

O cúrcuma é uma planta que pertence a mesma família o gengibre, sendo que até mesmo suas folhas e raízes são muito parecidas. A principal diferença a cor interna que no caso da cúrcuma é bem amarela.

O sabor dessa planta é muito característico, apresentando um leve picante e um amargor moderado. Sua essência traz notas de laranja e gengibre.

A raiz que dá origem à cúrcuma tem uma forte ação anti-inflamatória que é bastante utilizada tanto na medicina oriental quanto pelos indígenas.

No entanto, por casa de sua coloração amarelo intenso, ela também foi utilizada como especiaria, remédio e até corante para roupas.

O consumo da raiz pode ocorrer tanto em forma de extrato como ela fresca. Na preparação de pratos, normalmente se usa a cúrcuma em pó.

Esse ingrediente possui uma poderosa ação anti-inflamatória, sendo muito eficiente no tratamento de tendinites, artrites e outros problemas inflamatórios e em machucados.

Por ser um purificador do sangue, o consumo da cúrcuma também pode contribuir muito no controle do colesterol.

Cúrcuma ou curcumina?

O principal princípio ativo do açafrão-da-terra é a curcumina, que é a responsável pela maioria dos benefícios oferecidos.

É justamente ela que a responsável pelo pigmento fenólico e também pelo sabor levemente amargo e picante que a cúrcuma apresenta.

É também a curcumina a responsável pela ação anti-inflamatória da planta, inclusive na prevenção do câncer.

O fato é que ainda não existem muitos estudos a respeito dos benefícios e efeitos dessa planta em relação ao câncer. No entanto, em países como Sri Lanka e a Índia a cúrcuma é utilizada diariamente, a incidência de câncer é bem baixa.

Benefícios da Cúrcuma

Seja em pó ou in natura, a cúrcuma é um ingrediente que pode ser facilmente acrescentado à dieta, lembrando ainda que existem suplementos em gotas ou cápsulas.

O que a ciência mostra é que os benefícios se manifestam quando há o consumo de mais de 1 g da substância por dia, intercalando-a nas refeições.

O que acontece, na verdade, é que é bem difícil chegar a essa quantidade de consumo apenas temperando a comida. Isso porque o sabor da especiaria é muito marcante.

Dessa forma, uma boa forma de conseguir resultados é usar algum tipo de concentrado, como é o caso das cápsulas.

Dito isso, vamos conhecer os benefícios da cúrcuma:

  • Ajuda a melhorar o processo digestivo
  • Contribui para a perda de peso
  • Atua no combate de resfriados e de gripes
  • Ajuda a evitar crises de asma
  • Contribui para a desintoxicação hepática
  • Ajuda na regulação da flora intestinal
  • Promove a eliminação de vermes intestinais
  • Ajuda a tratar problemas hepáticos
  • Contribui para o sistema imunológico
  • Atenua inflamações de pele, tais como psoríase, eczema e acne

Além disso, não podemos esquecer que a cúrcuma possui um alto poder anti-inflamatório. O maior benefício disso é que o consumo desse ingrediente não causa úlceras ou hemorragia, como acontece com a maioria dos remédios anti-inflamatórios vendidos em farmácias. Ao contrário disso, o consumo da cúrcuma ainda é benéfico para o sistema digestivo.

Outro benefício que ainda não foi comentado, é sobre como a cúrcuma pode contribuir para a prevenção do diabetes. Isso porque atua diminuindo os níveis de açúcar no sangue e revertendo quadros de resistência à insulina.

Isso mesmo, o cúrcuma pode até mesmo reverter o diabetes do tipo dois, lembrando que ele é até 400 vezes mais potente que a metformina, usada para o tratamento da sensibilidade ao hormônio insulina.

Como consumir cúrcuma

Sem dúvidas, o pó feito da raiz de cúrcuma é o mais utilizado no tempero de comidas. No entanto, as folhas da planta também podem ser usadas no preparo de chás para consumo.

Para fazer o chá, ponha cerca de 1 colher de café de cúrcuma em infusão em 150 ml de água fervente. Deixe que a mistura descanse por 5 a 10 minutos e pode tomar cerca de 3 xícaras por dia.

Para uso tópico, ainda é possível misturar o pó de cúrcuma com uma colher de sopa de babosa. A mistura pode ser aplicada diretamente sobre inflamações cutâneas.

Tem efeitos colaterais

A maioria dos efeitos colaterais estão relacionados diretamente com o consumo excessivo da cúrcuma, que pode levar a irritação estomacal e também náusea.

No entanto, se usada dentro do limite recomendado, a cúrcuma não causa efeitos colaterais, sendo considerada um alimento bastante seguro.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a cúrcuma, seus benefícios, propriedades e como consumir. Gostou dessas dicas? Então compartilhe com seus amigos ou deixe seu comentário 😉

11 votes, average: 5,00 out of 511 votes, average: 5,00 out of 511 votes, average: 5,00 out of 511 votes, average: 5,00 out of 511 votes, average: 5,00 out of 5 (11 votes, average: 5,00 out of 5)
You need to be a registered member to rate this post.
Loading...

Leave a Reply

catorze + 4 =