Insônia – Descubra as Principais Causas e os Tratamentos

Para quem não sabe, a insônia nada mais é do que um distúrbio persistente que afeta de forma prejudicial a capacidade de um indivíduo de adormecer e/ou de permanecer dormindo durante a noite.

Normalmente as pessoas que sofrem de insônia costumam sentir muita fadiga já desde o início do dia. Além disso, é normal apresentarem problemas de humor, baixo rendimento no trabalho ou nos estudos e muita falta de disposição para as tarefas do dia a dia.

De uma forma geral, há uma queda bastante significativa na qualidade de vida de uma pessoa que sobre com esse problema.

O fato é que a maioria dos adultos já experienciou a insônia em algum momento da sua vida e isso é considerado normal. No entanto, o grande problema é quando a pessoa sofre de quadros de insônia crônica, que dura por um tempo muito maior do que deveria.

Vale lembrar, porém, que a insônia também pode ser, em alguns casos, um quadro secundário, causado pelo uso de algum medicamento, bem como por uma doença.

Então, se você está interessado nesse assunto, continue lendo e vamos saber um pouco mais de detalhes sobre a insônia. Vamos lá?!

Causas da insônia

Causas da Insônia

Como já foi dito, a insônia pode ser um quadro passageiro, que dura apenas alguns dias, ou até mesmo crônico, perdurando por muito tempo. Ela pode ter causas bastante variadas, como veremos a seguir:

  • Estresse

Quando um indivíduo está muito preocupado com problemas de estudos, trabalho, família, saúde ou outros, a sua mente pode acabar querendo manter-se ativa durante a noite. Isso torna o ato de dormir algo extremamente difícil.

Mortes de pessoas próximas, doenças, divórcio desemprego e outros acontecimentos como esses podem provocar um grande estresse e a consequência é o desencadeamento de um quadro insone.

  • Ansiedade

Tanto a ansiedade do dia a dia quanto transtornos sérios de ansiedade podem acabar desencadeando a insônia. Além disso, pessoas que se preocupam com a dificuldade que terão para dormir, também podem desenvolver um quadro de insônia com mais facilidade.

  • Depressão

Pessoas depressivas podem apresentar sintomas variados. Se por um lado algumas tendem a dormir mais do que o normal, outras simplesmente não conseguem pregar o olho à noite. A insônia é um sintoma comum em quadros depressivos.

  • Patologias

Dificuldade de respirar, dores crônicas e alta frequência de micção também podem levar à insônia.

Algumas das condições que estão associadas a esse problema que podemos citar são as seguintes: câncer, artrite, insuficiência cardíaca, doença do refluxo gastroesofágico, doença pulmonar, AVC, doença de Parkinson, doença de Alzheimer distúrbios na tireoide e outros.

  • Mudanças na rotina

Mudar o horário de trabalho, mudar de casa, mudar de ambiente, viajar e outras mudanças podem acabar alterando o ritmo cardíaco. A consequência disso é uma alteração no que chamamos de “relógio biológico” e acaba causando problemas para adormecer.

  • Maus hábitos

A ingestão de cafeína, álcool e nicotina podem alterar a função do organismo, influenciando o sono. Bebidas estimulantes, principalmente, podem manter o indivíduo acordado por mais tempo, deixando o corpo em alerta e não permitindo que adormeça.

Irregularidades no horário de dormir e acordar, dormir em horários inapropriados, bem como dormir em local com muita luz e barulho também podem prejudicar o sono.

  • Medicamentos

Determinados medicamentos podem alterar a capacidade de um indivíduo de adormecer ou se manter dormindo. Isso inclui medicamentos para a pressão, antidepressivos, antialérgicos e outros, como remédios com cafeína.

  • Idade

A insônia pode acabar se tornando algo mais comum com a chegada da idade. Uma pessoa idosa pode despertar facilmente com ruídos e outras mudanças no ambiente.

O fato é que com o passar dos anos, o relógio biológico muda e a pessoa começa a ficar cansada mais cedo à noite e acordar mais cedo pela manhã.

  • Comer demais antes de dormir

Comidas pesadas e em excesso podem acabar prejudicando o sono, deixando a pessoa fisicamente desconfortável e dificultando que adormeça. Refeições leves antes de dormir é sempre o mais indicado.

Tratamento para insônia

Tratamento Para Insônia

O primeiro passo para combater a insônia é promover uma mudança de hábitos relativos ao sono, bem como tratar as causas, que podem ser medicamentos, estresse e outros que já foram citados.

Caso essas medidas não sejam suficientes ou não surtam resultado, é indicado o uso de medicamentos que ajudem a promover o relaxamento do paciente e readequação do sono.

Somente o médico é quem pode receitar o medicamento mais indicado no tratamento da insônia. Isso só deve ser feito depois de analisar cada caso individualmente, considerando a necessidade e o caso de cada pacientes.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a insônia, possíveis causas e o tratamento para esse tipo de problema!

13 votes, average: 4,99 out of 513 votes, average: 4,99 out of 513 votes, average: 4,99 out of 513 votes, average: 4,99 out of 513 votes, average: 4,99 out of 5 (13 votes, average: 4,99 out of 5)
You need to be a registered member to rate this post.
Loading...

Leave a Reply

15 − 11 =