Repelente Caseiro Para o Corpo [ Vantagens e Como Funciona ]

Em dias de sol ou em dias de chuva, os insetos estão sempre tentando dar um jeito para invadir nossas casas. Quando a temperatura sobe, parece ainda pior. Nessas horas, um bom repelente caseiro pode ajudar.

Estas pestinhas podem até parecer inofensivas, mas alguns são agentes responsáveis por doenças graves como a chikungunya, zika e dengue.

Se antes já nos preocupávamos em nos defendermos dos insetos, agora é extremamente importante mantermos os cuidados básicos para nossa proteção, bem como das crianças.

O mercado oferece várias opções de repelentes e atualmente as indústrias estão mais comprometidas em diminuir os componentes que são altamente tóxicos. Mesmo assim o uso destes inseticidas ainda é considerado prejudicial para a saúde do homem e do meio ambiente.

Então, se você quer saber um pouco mais sobre repelente caseiro, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Como funcionam os repelentes?

Repelentes Frascos

Os repelentes que são feitos para passar no corpo, possuem uma substância química chamada DEET, que tem como função impedir a aproximação dos insetos.

O uso continuo desta substância pode causar irritação e alergia . A ANVISA mesmo determina que esta substância química não exceda a 30% do total da solução.

Outro aspecto negativo dos repelentes químicos é que os insetos acabam adquirindo resistência, tornando o produto ineficaz e criando a necessidade de usar componentes cada vez mais fortes.

Vantagens do repelente natural

Diante das informações sobre o uso de repelentes que utilizam substâncias químicas, fazer seu repelente utilizando produtos e plantas medicinais é uma forma de proteger sua família e o meio ambiente.

A própria natureza oferece uma enorme variedade de substâncias que são muito eficientes contra vários insetos, tais como barata, mosquitos, moscas, formigas e etc.

Existem várias receitas de repelente caseiro que podem ser usados por idosos, gestantes e crianças, com produtos comuns que você encontra na sua casa.

Tipos de repelentes caseiros

Repelentes Caseiros

Com a ameaça do mosquito Aedes Aegypit, os esforços contra os insetos têm que ser redobrado.

Os repelentes naturais caseiros podem ser feitos para vários usos como: produtos de limpeza, ambiente de um modo geral (spray), para o corpo, aparelhos elétricos e plantas.

Dito isso, vamos conhecer um pouco de cada um desses repelentes caseiros:

  1. Repelente caseiro para limpeza em geral

Para a limpeza, muitas plantas podem ser usadas in natura mesmo. Basta ferver um punhado da planta (como se fosse fazer um chá) e depois acrescentar na água que vai fazer a limpeza normal da casa. Tenha cuidado para não ficar muito forte.

Pode também ser usada como essência. Exemplo: faça uma mistura de 3 colheres de chá de essência de crisântemo com 1 copo de álcool de cereais. Essa mistura pode ser acrescentada a um balde com água para passar no piso. Esta mesma mistura pode ser usada em spray e borrifada em algum local que esteja infestado.

Outro repelente que todos tem em casa é o vinagre. Devido ao seu aroma ácido ele repele os insetos, além de eliminar fungos, bactérias e germes. Coloque dois copos de vinagre em um balde com água e aplique na casa com um pano umedecido na mistura.

  1. Repelente caseiro para o corpo

Numa garrafa bem limpa faça uma mistura 500 ml de álcool e 2 colheres de cravo da índia. Deixe em fusão por mais ou menos 10 dias.

Neste período, agite algumas vezes a garrafa para que a mistura fique bem concentrada.

Após os dez dias, coe a mistura e acrescente 100 ml de óleo de amêndoa doce. Coloque no borrifador e está pronto para uso. Aplique nas partes expostas do corpo.

  1. Repelente caseiro para parelhos elétricos

Sabe aqueles aparelhos elétricos que você compra e vem acompanhado de uma pastilha? Você pode substituir a pastilhas por casca de limão ou laranja, por exemplo.

Para isso, corte a casca do tamanho daquela pastilha que vem no aparelho e insira no local do refil. Ao colocar na tomada e aquecer a casca vai liberar o ácido cítrico que repele os insetos.

  1. Repelente caseiro em forma de planta

Se você tem espaço no seu pátio, algumas plantas possuem poder natural de repelente de insetos e você poderá cultiva-las na sua casa. São Elas: Citronela, Hortelã (muito eficaz contra as formigas), Manjericão, Crisântemo (eficaz contra percevejos, pulgas e baratas).

  1. Repelente caseiro para crianças.

Com as crianças, e principalmente os bebês, todo cuidado é pouco. Um ótimo repelente caseiro para bebês a partir de 2 meses e crianças é uma embalagem do hidratante Proderm (150 ml) misturar com 1 colher (chá) de óleo de alfazema ou lavanda.

Aplicar nas áreas que ficarão expostas para evitar a aproximação dos insetos. Os insetos são repelidos pelo aroma do complexo B.

  1. Repelente caseiro para moscas.

As moscas são um problema, pois sempre surgem quando lidamos com a preparação de comida, principalmente carnes e peixes. Você vai se surpreender com os resultados de uma solução bem simples. Corte um limão ou uma laranja ao meio e espete cravos da índia na parte interna da fruta.

Coloque no ambiente que elas estão. Se o ambiente for grande ou elas forem muitas, use no mínimo duas frutas, que cortadas ao meio serão 4 repelentes.

O cravo da índia possui um repelente natural contra os insetos que se potencializa quando em contato com a fruta cítrica.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o repelente caseiro e como faze-lo em cada aplicação necessária. Aproveite essas dicas e boa sorte!

14 votes, average: 5,00 out of 514 votes, average: 5,00 out of 514 votes, average: 5,00 out of 514 votes, average: 5,00 out of 514 votes, average: 5,00 out of 5 (14 votes, average: 5,00 out of 5)
You need to be a registered member to rate this post.
Loading...

Leave a Reply

14 + dezesseis =