TANCHAGEM → Saiba para que Serve e Como Fazer o Chá

A Tanchagem é uma planta que você certamente já viu em algum lugar, mas provavelmente não faz ideia de sua utilidade. Acompanhe esse artigo e conheça mais sobre o chá de tanchagem e para que ele serve.

A tanchagem é uma planta simples de ser encontrada e cultivada, usada em todo o mundo como forma de emplastros e chá que pode ser ingerido, usado em bochechos, na lavagem de ferimentos e muito mais.

Essa planta possui cerca de 158 tipos, e entre eles o mais comum, especialmente no Brasil é o Plantago major L. (imagem a seguir), também chamado como tanchagem-terrestre, carrajá, acatá, erva-de-ovelha, transagem, plantago, tansagem, tranchagem ou trançagem.

tanchagem planta

Neste artigo, explicaremos um pouco mais sobre essa planta tão poderosa e repleta de princípios ativos, que pode ser usada com segurança por qualquer pessoa, para o tratamento de inúmeros problemas de saúde e ferimentos.

Conheça melhor a Tanchagem e suas propriedades

A tanchagem é uma planta medicinal extremamente popular no Brasil, assim como em diversos países da Europa, Ásia, África, América do Sul e Norte. Muito utilizada como remédio para resfriados, gripes, dores e inflamações na garganta, intestino e útero, seus principais ativos são os flavonoides, a mucilagem e os iridóides.

Além desses princípios ativos, a tanchagem ainda possui propriedades medicinais: adstringentes, analgésicas, antibacterianas, anti-inflamatórias, cicatrizante, depurativas, descongestionantes, desintoxicantes, digestivas, diuréticas, expectorante, laxativa, calmante, sedativas e tônica.

Para que serve o Chá de Tanchagem?

As folhas dessa planta medicinal podem ser usadas no tratamento de diversas doenças, desde infecções e problemas respiratórios, até como fluidificante de secreções, gargarejos para o tratamento de problemas na boca e garganta, alívio da tosse, tratamento de laringite, amigdalite, faringite, aftas e mais.

O chá de tanchagem, entre outras coisas, serve também para o alívio de infecções urinárias, problemas no fígado, espasmos estomacais, azia, diarréia, eliminação de líquidos, controle da perda urinária noturna, etc.

Além de poder ser ingerido para o tratamento dessas e outras doenças, o chá de tanchagem também pode ser usado externamente para o tratamento de feridas e tratamento de furúnculos, visto que ele é um poderoso cicatrizante, fungicida e anti bactericida.

O chá desta planta medicinal também é muito eficiente no tratamento de queimaduras, inclusive solares, picadas de insetos e animais peçonhentos, tratamentos vaginais, hemorragias nasais, conjuntivite, terçol e outras irritações oculares, rinite, sinusite, asma, bronquite, varizes e mais.

Como colher as folhas e preparar o Chá de Tanchagem?

Essa é uma planta muito comum, que possui mais de 150 tipos, por isso, é preciso estar atento a algumas características físicas da tanchagem, para que ela não seja confundida com outras plantas.

A tanchagem é uma planta rasteira, que pode ser encontrada em terrenos, praças, trincos de calçada e mais uma série de lugares. Sua principal característica são os veios nas folhas, que podem chegar ao máximo de sete.

É importante que, ao colher estas folhas de um lugar público, ou o terreno de outra pessoa, você se certifique que aquele solo não é contaminado, vale a pena se informar também se muito animais, em especial cães, circulam pelo lugar. Ciente dessas informações, basta que você colha as folhas, e antes de preparar o chá, lave-as muito bem, duas ou três vezes.

A proporção mais comum para o preparo do chá de tanchagem é de duas colheres de sopa dessa planta para um litro de água. Leve tudo ao fogo e assim que levantar fervura, apague a chama e abafe a mistura dentro da panela por 10 minutos.

Você pode ingerir uma xícara a cada 6/8 horas, dependendo do tipo de tratamento que está buscando e do nível do problema. A mesma receita pode ser feita para bochechos, gargarejos, lavagem de ferimentos, banho de assento e mais.

A tanchagem também pode ser consumida crua em forma de salada, ou adicionada em alimentos como o pão e outros pratos. No nordeste brasileiro ela é comumente consumida dessa maneira.

Pomada de Tanchagem e Emplastro

No caso de picadas de insetos e outros animais peçonhentos, existem duas opções de uso da tanchagem. A primeira, mais recomendada para emergências e apenas mascar a folha (lavada) e aplicá-la diretamente sobre a picada. A segunda consiste em preparar uma pomada da folha e deixá-la na geladeira, sempre acessível.

Para o preparo da pomada, basta que adicione um punhado de folhas de tanchagem limpas e secas, dentro de um pote de vidro esterilizado (com água fervente) e algumas colheres de óleo de coco. Leve a mistura em banho maria, e assim que o óleo de coco derreter, e ficar bem esverdeado, coe a mistura e espere esfriar. Depois disso é só acomodar a mistura em potinhos e guardar na geladeira.

2 votes, average: 5,00 out of 52 votes, average: 5,00 out of 52 votes, average: 5,00 out of 52 votes, average: 5,00 out of 52 votes, average: 5,00 out of 5 (2 votes, average: 5,00 out of 5)
You need to be a registered member to rate this post.
Loading...

Leave a Reply

5 × dois =